Pra que mentir?

Se tu ainda não tens esse dom de saber iludir

4h30. Madrugada.   Não tenha medo. Tão linda, tão jovem, cheia de vida. Sobretudo saudável. Sem diabetes. Sem cicatrizes. Sem problemas cardíacos ou pulmonares. Aquele cigarro que você experimentou em 2015 foi um erro, mas ninguém viu. Aquela droga sintética que colocaram na sua bebida, no festival de música eletrônica, seu corpo já esqueceu. Não …

Continue lendo

Querido Deus, Esgotei todos os recursos para passar o tempo. Assombrei velhinhas. Atrapalhei o sono do meu ex-chefe. Provoquei confusões. Espalhei espantos. Tretei nas redes sociais. Fiz papelões. Muitas vezes me rebelei.

– Milena! – exclamou Ricardo, via FaceTime. PRONTO! E ele continuou sem muita enrolação: – É difícil, mas eu preciso ser honesto com você, comigo, com todos que estiveram conosco nesses últimos sete anos. – Vai terminar o noivado? – Sim.

Desertos mentais instauram-se com bastante frequência durante as viagens de  elevador do condomínio ‘Esistenza’. É nesta caixa  absolutamente doida e irreal que a câmera mira Fernanda. Num arranque, o elevador para e a voz de um homem surge. No espelho, seu reflexo. Nandinha, ainda posso te chamar assim ? Sou eu.