Perdão por não te agredir

Socorro participa de uma call, quando surta e agride um dos participantes.

Não foi possível conectar-se à esta rede

Vivo apenas neste quarto. Entre uma cama de solteiro, um lençol velho, um espelho amarelado e uma escrivaninha que funciona como mesa e penteadeira. Eu estou sem internet desde o mês passado (ou talvez mais, não sei bem) e há duas semanas sem luz. É por isso que dei para passar o tempo na janela... Continuar Lendo →

Um encontro e dois cenários

Camila custou, mas deu uma chance para o aplicativo de paquera. Ácido Acético Etílico Da Silva era o nome do pretendente. No seu mundo ideal, falariam de antigas civilizações, dos anos Bolsonaro, dos memes, dos intelectuais exilados em Paris, passando ainda pela última blogueira que foi cancelada e pelo menino Neymar, um injustiçado. “Ou qualquer coisa... Continuar Lendo →

O elevador do Esistenza

Desertos mentais instauram-se com bastante frequência durante as viagens de  elevador do condomínio 'Esistenza'. É nesta caixa  absolutamente doida e irreal que Juscelino e Sebastião se encontram. - Que dia é hoje? - Não faço ideia. Quando vocês casam? -  Na hora certa. Qual dieta você fez? - A de não comer. As coisas vão... Continuar Lendo →

Socorro, a última lúcida

Socorro espiava da janela, que se diria jaula. Cinco minutinhos apenas, pois qualquer tempo perdido poderia ser uma chance de sonhar. E quem poderia dar conta dos sonhos de Socorro? Assim, ocupava seu tempo com numerosas obrigações rigorosamente baseadas em dez mandamentos estampados em locais estratégicos do apartamento.

Graças a Darwin

Quer conhecer o inferno? Coloque doze pessoas morando numa casa de dois quartos e você terá uma visão clara do ambiente onde vivem os demônios. Foi por isso que Maria José cismou: "quero ser freira". Não por vocação. Mas porque buscava o silêncio dos conventos. Justificou com uma evidência fortíssima. - Olhei para esse papel... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑